Postagens Aleatórias

O Caminho

"Fora do Caminho da Graça em Cristo, não há caminho a ser feito!"

Deus procura desequilibrados!



Segundo o espírito da época em que vivemos hoje, cada vez mais se considera uma virtude (ou mesmo uma GRANDE virtude!) alguém ser uma pessoa (cidadão, profissional ou até mesmo membro de igreja) equilibrada ou moderada!
O problema é que, embora muito se enfatize a necessidade de equilíbrio e moderação, ninguém se atreve a definir exatamente quais são os critérios específicos que definirão se uma pessoa é equilibrada (moderada) ou não! E este problema com que nos deparamos na sociedade em geral, já afeta, em grande parte, a Igreja Remanescente de Deus! Um crente pode ser avaliado por outros crentes como sendo uma pessoa normal ou equilibrada, mas, o MESMO crente, ser avaliado, por outros crentes, como sendo uma pessoa desequilibrada (por exemplo, muito conservadora ou muito liberal - para utilizar uma terminologia que não aprecio muito, mas com a qual muitos estão certamente bem familiarizados). Uma pergunta que nos pode vir imediatamente à mente, pode ser esta: quem é que tem razão na avaliação feita a outrem? 

Pois bem, a pergunta que acabei de colocar é a pergunta errada, pois a nossa preocupação NÃO deveria ser a forma como os outros nos avaliam e avaliam as outras pessoas, mas SIM a forma como Deus avalia a cada ser humano! Deveríamos ser capazes de dizer, como o apóstolo Paulo: "... pois quem me julga é o Senhor" (1ª Coríntios 4:4). 
A este respeito, também gosto destas outras palavras inspiradas do apóstolo Paulo: "Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém." (1ª Coríntios 2:15) O quê: o "homem espiritual... não é julgado por ninguém"? Será que o apóstolo Paulo queria dizer, com estas palavras, que todos aqueles que, pela Graça e pelo Poder de Deus, se convertem e, por conseguinte, se tornam "homens [e mulheres] espirituais" não são julgados por ninguém? Bom, a realidade mostra-nos que, na esmagadora maioria dos casos, é precisamente o OPOSTO que sucede, isto é, quando alguém se torna um "homem [mulher] espiritual", é precisamente a partir daí que essa pessoa começa a ser alvo dos mais acesos e "pontiagudos" julgamentos, por parte de outras pessoas! Aliás, o próprio Senhor Jesus disse que aconteceria precisamente isso mesmo! Disse mesmo? Aonde? 

Quando, no Seu Sermão da Montanha, Jesus, através das bem-aventuranças proferidas, delineou o percurso espiritual dos crentes, Ele foi MUITO CLARO ao referir que, APÓS a pessoa ser e tornar-se: 

- "humilde de espírito" (Mateus 5:3); 

- "chorar" (certamente pelos seus pecados, como Pedro "chorou amargamente" (Lucas 22:62) pelos seus) (v. 4); 

- tornar-se "mansa" (v. 5); 
- sentir "fome e sede de justiça" (v. 6) (especialmente do "SENHOR, Justiça Nossa" - Jeremias 23:6); 
- ser, ou melhor, tornar-se "misericordioso" (v. 7); 
- tornar-se "limpo de coração" (v. 8); 
- e "pacificador" (v. 9), 
ENTÃO receberá, como "prêmio": 
- "ser perseguido por causa da justiça (que ele agora vive e proclama)" (v. 10);

- ser "injuriado" (v. 11); 
- ser alvo de mentiras (v. 11); 
- "disserem todo o mal contra [ele/a]" (v. 11). 

Pergunto: segundo Jesus, estará então uma "nova criatura" (2 ªCoríntios 5:17; Gálatas 6:15) ISENTA de ser julgada (e mal julgada!) por terceiros, isto é, por outras pessoas? Nem pensar! 
Então, voltemos a refletir nas palavras de Paulo: o que é que ele quereria então dizer, quando disse que o "homem espiritual... não é julgado por ninguém"? A resposta agora parece-nos ser extremamente simples: o "homem espiritual" VIVE DE TAL FORMA A SUA VIDA ESPIRITUAL, como se não fosse "julgado por ninguém"! Ele é julgado - e mal julgado, segundo Jesus! - mas isso "passa-lhe completamente ao lado" e ele vive como se, DE FACTO, ninguém o julgasse! E por que é que o "homem espiritual" vive a vida desta forma? Por uma razão muito simples: é que ele SÓ ESTÁ INTERESSADO em agradar ao seu Senhor, não a nenhum outro ser humano! Mais: ele NÃO PERMITE que qualquer outra pessoa o demova das suas convicções, assim como do caminho do seu dever, que lhe foi traçado não por homem algum, mas pelo seu Criador e Redentor! 

Convenhamos: uma pessoa, como aquela que acabei de descrever, é alguém extremamente desequilibrado, pois ele só pende para as coisas de Deus, só pensa em agradar ao seu Senhor e não a A, B ou C! Se ao menos - pensam alguns! - ele pudesse continuar a sua vida espiritual, mas ser um pouco mais equilibrado... Conhece a descrição que o próprio Deus fez dos laodiceanos (ver: Apocalipse 3:15-17)? A propósito: sabe QUEM SÃO os laodiceanos, não sabe? Eu digo-lhe quem são: são os membros da Igreja Remanescente de Deus! Não acredita? Então convido-o a estudar mais a fundo a mensagem bíblica! Pergunto: poderiam estas pessoas ser mais equilibradas e moderadas? Dificilmente! Elas procuram não ser "quentes" nem "frias", pois no "meio termo é que está a virtude" (segundo um provérbio popular bem conhecido)! A mornidão é precisamente aquele "meio termo" em que elas procuram se encontrar, para poderem agradar "a gregos e a troianos" - a crentes e a descrentes, a adventistas, assim como a católicos, protestantes, muçulmanos, budistas, hinduístas e até ateus e agnósticos! Ao falarem dos seus ideais (que são sobretudo a "ética" e o "amor") há sobretudo que não ferir a suscetibilidade de ninguém, nomeadamente as suas crenças específicas! Mas sabem uma coisa: Deus DETESTA pessoas destas! Como o sei? Porque a mensagem aos laodiceanos diz-nos que Deus está "a ponto de vomitar" da Sua boca pessoas deste calibre (ver: Apocalipse 3:16)!

Sim, Deus procura pessoas desequilibradas: que sejam CLARAMENTE "frias" ou "quentes", pois Ele mesmo disse (repare que é Ele quem o disse, não eu!): "Quem dera fosses frio ou quente!" (Apocalipse 3:15). E o que Senhor quer certamente dizer, é isto: quem dera que estivesses CLARAMENTE num ou noutro lado do Grande Conflito (entre o Bem e o mal)! Quem dera que vivesses o teu relacionamento Comigo, tomando CLARAMENTE PARTIDO a favor da Verdade e da Justiça! Quem dera que te envolvesses, de alma e coração, em tudo quanto planeias, pensas, dizes e fazes! Quem dera que fosses um verdadeiro e genuíno discípulo Meu!
Sim, Deus procura pessoas desequilibradas! Amigo/a: queres ser um desses desequilibrados? Eu quero!

Paz em Cristo.