A Cruz cala nosso "Eu"


Longe de mim esteja gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo. (Gl 6.14.)

Eles estavam vivendo para si mesmos; o eu, com suas esperanças, promessas e sonhos, ainda os tinha em suas mãos; mas o Senhor começou a responder a suas orações.  Tinham pedido um coração contrito e tinham-se entregado a Deus para que tal coração lhes fosse dado, a qualquer preço; e Ele lhes mandou tristeza; tinham pedido para ser mansos, e lhes partiu o coração; tinham pedido para morrerem para o mundo, e Ele destruiu suas vivas esperanças; tinham pedido para serem feitos semelhantes a Ele, e os colocou na fornalha, sentando-Se junto deles "como refinador e purificador de prata", até que pudessem refletir a Sua imagem; tinham pedido para tomar a Sua cruz, e quando a estendeu
a eles, ela lhes dilacerou as mãos.

Eles estavam pedindo sem saber o que pediam, mas Ele os pegou na palavra e lhes concedeu todas as suas petições. Estavam longe de pensar em segui-lO até tão longe, ou de chegar tão perto dEle. Veio sobre eles um temor, como a Jacó em Betel ou a Elifaz na noite das suas visões, ou aos apóstolos quando pensaram ver um fantasma e não sabiam que era Jesus. Sentiam-se quase como a pedir-Lhe que afastasse deles Sua presença solene.


Achavam mais fácil levar a cruz do que ficar suspensos sobre ela. Mas não podiam voltar atrás, pois tinham chegado perto demais da cruz invisível, e suas virtudes os haviam atingido profundamente. Ele está cumprindo para com eles a promessa: "E eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo" (Jo 12.32).

E agora chegou a vez de eles serem atraídos. Antes, tinham apenas ouvido falar do mistério, mas agora o sentem. Ele fixou neles Seu olhar de amor, como fez a Maria e a Pedro, e eles não têm outra escolha a não ser segui-lO!

Pouco a pouco, de tempos em tempos; por leves lampejos, o mistério de Sua cruz brilha sobre eles. Eles O contemplam exaltado, contemplam a glória que resplandece das feridas de Sua santa paixão; e à medida que olham, avançam e são transformados na Sua imagem, e Seu Nome brilha através de suas vidas, pois Ele habita neles.

Eles vivem a sós com Ele lá em cima, em inefável comunhão; prontos a não ter o que outros têm (e que eles poderiam ter tido), e a ser diferentes de todos, para que sejam só como Ele.Assim, eles são, em todas as épocas, os que "seguem o Cordeiro por onde quer que vai".

Tivessem eles escolhido por si mesmos ou seus amigos por eles,
e teriam escolhido de outra forma. Teriam sido mais ilustres aqui. mas menos gloriosos no Reino de Deus. Teriam tido a porção de Ló, não a de Abraão. Se tivessem hesitado em alguma parte — se Deus tivesse retirado de sobre eles a mão deixando-os voltar atrás — o que não teriam perdido? Que detrimentos não haveria na ressurreição?

Mas Ele os conservou em pé, a despeito de si mesmos. Muitas
vezes os seus pés bem que teriam escorregado. Na Sua misericórdia, Ele os conservou de pé. Agora, mesmo nesta vida, eles sabem que tudo o que Ele fez foi sempre bem feito. Foi bom sofrer aqui, para poderem reinar ali; suportar a cruz aqui em baixo, para usarem a coroa lá em cima; e para que neles e a respeito deles fosse feita não a sua própria vontade,
mas a vontade dEle.

NOVO TESTAMENTO

Quem caminha com Cristo, deve fazer a leitura do N.T. conforme a sequência que se segue, sem leitura orientada, a fim de que cada um, de si mesmo, verifique o significado do Evangelho sem as leituras pré-condicionantes aprendidas na religião. É preciso aprender a olhar as Escrituras a partir do Evangelho.

O EVANGELHO É A BOA NOVA


O Evangelho é a Boa Nova. O Evangelho é a certeza de que Deus se reconciliou com o mundo, em Cristo; e que agora os homens podem se desamedrontar, pois foi destruído aquele que tem o poder da morte — a saber: o diabo —; bem como foram libertos aqueles que estavam sujeitos à escravidão do medo da morte por toda a vida. Quem crer está livre, e pronto para começar a andar na paz”.

☛ QUERIDOS SEGUIDORES

☛QUERIDOS SEGUIDORES DO GOOGLE+

☛ Comentários Recentes

Minha lista de blogs