APOCALIPSE

Autoria
Como já vimos no Evangelho segundo João e em suas cartas às igrejas da Ásia, o profeta e autor do Apocalipse (22.9), o mais enigmático e curioso livro da Bíblia é do apóstolo João, filho de Zebedeu e Salomé, uma família abastada da Galileia (Mc 15.40,41), conhecido como “o discípulo a quem Jesus amava” (Jo 21.20-24). Talvez isso tenha deixado uma ponta de inveja em muitos falsos seguidores do cristianismo, a ponto de séculos mais tarde brotar maldosamente, da parte de alguns críticos, certas calúnias questionando a sexualidade de João. Entretanto, em sua época e por todas as igrejas da Ásia Menor, ele notabilizou-se por sua bravura e masculinidade, vindo a ser conhecido como “filho do trovão” (Mc 3.17). João teve um importante papel na obra da igreja primitiva em Jerusalém (At 3.1; 8.14; Gl 2.9). Em quatro ocasiões, o autor do Apocalipse tem o cuidado de se apresentar como João (1.1,4,9; 22.8). Judeu e versado nas Escrituras, alimentava viva e  contagiante a esperança de que a verdade e a fé cristã não demorariam a ver a glória do triunfo eterno sobre as momentâneas e poderosas forças de Satanás em plena atuação no mundo. Por volta do ano 135 d.C., Justino Mártir, e logo depois Irineu (180 d.C.), citam o livro do Apocalipse em seus estudos, em alguns trechos, palavra por palavra e, indiscutivelmente, atribuem a autoria do livro sagrado a João, o apóstolo de Jesus Cristo. No século II, entretanto, um bispo africano denominado Dionísio fez um longo estudo comparativo entre a linguagem, o estilo e a teologia aplicada ao livro do Apocalipse, e as demais obras do apóstolo João, concluindo que outro João, provavelmente, João conhecido como “o Presbítero”,seria o autor desse livro profético. Embora alguns estudiosos ainda hoje sigam o pensamento de Dionísio, a grande maioria dos eruditos e biblistas da atualidade confirmam a autoria do apóstolo João para o livro das “últimas coisas”: o Apocalipse.
Propósitos
 A palavra-chave para o início de uma correta compreensão desta obra encontra-se na abertura da carta: revelação (1.1). Essa é a melhor tradução da expressão grega Apokavluyi"( Apokálypsis) que abre o livro do “Apocalipse” e frequentemente aparece nos textos proféticos do AT da Septuaginta(a primeira e mais importante tradução do AT em grego). Tanto que a edição da Bíblia King James de 1611, e todas as demais em língua inglesa, usam a expressão “revelation” (revelação) como título desse livro de João. A palavra “apocalipse” tornou-se um termo técnico para a igreja primitiva e passou a designar a manifestação gloriosa de Jesus Cristo, o Messias, no final dos tempos (Rm 2.5;8.19; 1ªCo 1.7; 2ªTs 1.7; 1ªPe 1.7,13). Portanto, o “apocalipse” é a “revelação” da pessoa do Senhor Jesus Cristo como o Redentor do mundo e conquistador único e absoluto do Mal em todas as suas formas e expressões. Como na época de João, as autoridades políticas e militares dominantes estavam começando a impor o chamado “culto de adoração ao imperador”, o apóstolo sente a necessidade vital de encorajá-los cristãos a se manterem fiéis e leais a Jesus Cristo, nosso único e supremo Senhor. Por vários motivos, incluindo o cultural (o estilo literário peculiar), o místico (a obra é fruto de uma experiência de êxtase espiritual), e o da segurança (era fundamental que a mensagem chegasse às igrejas sem a censura ou o bloqueio do exército romano). Todo o processo pelo qual o Senhor dará prosseguimento à sua obra redentiva e salvadora de todas as pessoas que nele crerem, está aqui delineado sob símbolos, metáforas e ilustrações diversas. A estrutura dessa obra maravilhosa e fundamental de João está baseada em quatro grandes visões, cada uma delas estrategicamente começando com a expressão “no espírito”, e comunicando ao leitor algum aspecto da pessoa do Messias, Jesus Cristo, e da sua supremacia como Juiz do Universo. Cada visão proporciona uma cena diferente e nos conduz para um degrau superior no processo de revelação total e final da História da humanidade. O livro tem seu início marcado pela visão de cartas endereçadas pelo Senhor a sete igrejas existentes no período apostólico, e que servem como exemplos de igrejas de todas as épocas. Nessas cartas, Deus expressa seus elogios e críticas, concluindo sempre com uma advertência ou conselho e uma promessa.No quarto capítulo, João se sente transferido para as dimensões celestiais, e lhe é concedido o dom de contemplar os grandes eventos mundiais que acontecerão depois de certos sinais (4.1).Por meio de uma série de julgamentos seguidos, porém imprecisos quanto a épocas e duração (os selos, as trombetas e as taças), o planeta Terra e todos os seres vivos serão castigados por causa do pecado humano com sua insaciável perversão e maldade. Então, o grande Dia da ira de Deus, retidopor séculos e séculos, será finalmente inaugurado.Embora não possamos calcular quando nem quanto tempo levará todo esse processo de juízo,o próprio Senhor - por sua misericórdia - se encarregará de abreviar a dor e o sofrimento da raça humana, especialmente dos seus filhos. Nos capítulos dezessete e vinte, somos informados dos detalhes finais dessa dispensação ou tempo histórico. O glorioso retorno de Jesus Cristo a companhado por seus exércitos celestiais (19.11-20), o estabelecimento efetivo e definitivo do Reino de Deus, logo após o processo de julgamento final do Trono Branco (20.1-15) e o início de um novo mundo (21.1-8; 21.9 – 22.5).Contudo, no encerramento deste livro há uma palavra poderosa e alentadora de chamamento à devoção. O alerta é geral: considerando a iminente, triunfal e definitiva volta do Senhor, a santidade e o testemunho são imperiosos na vida de todos aqueles que receberam o maravilhoso dom de crerem Deus Yahweh. O livro termina com uma oração que deveria expressar o santo desejo de todos os crentes:Maranata!(uma transliteração do aramaico) que significa “Amém! Vem Senhor Jesus!”(22.20; 1ªCo 16.22).
Data da primeira publicação
João escreveu o Apocalipse por volta do ano 93 d.C., quando os cristãos estavam começando a viver um dos mais intensos períodos de perseguição religiosa da história; depois do terrível reinado de Nero (54-68 d.C.), e ao final da era de Domiciano (81-96 d.C.). Tito Flávio Domiciano foi filho de Vespasiano. Nascido no ano 51 d.C., na dinastia dos Flávios, começou seu império com sabedoria e elevado carisma popular, mostrou-se hábil administrador. Conquistou diversos povos e terras,inclusive toda a Bretanha. Entretanto, seu autoritarismo sempre crescente fez surgir um regime de extremo terror e repressão que atingiu o povo, a aristocracia, os filósofos, e, principalmente, os pensadores e pregadores judeus e cristãos. Sucumbiu assassinado numa conjuração promovida por seus senadores com a cumplicidade de sua esposa. O apóstolo João, sem citar nomes, faz uma profunda analogia entre a maligna estratégia política de Domiciano e os líderes mundiais despóticos e maquiavélicos de todas as épocas, especialmente com o último anticristo.
Esboço de Apocalipse
1. Prefácio e saudações apostólicas aos crentes em Cristo (1.1-8)
2. Primeira Visão: Cristo e a Igreja (1.9 – 3.22)
A. Representação da presença do Sumo Sacerdote (1.9-20)
B. Mensagens às sete igrejas (2.1 – 3.22)
3. Segunda Visão: Cristo e o mundo (4.1 – 16.21)
A. Adoração universal ao Cordeiro e Rei (4.1 – 5.14)
B. Os sete selos são rompidos (6.1-17; 8.1-5)
C. Os 144.000 selados de Israel (7.1-8)
D. A multidão incontável dos demais salvos (7.9-17)
E. O mistério das sete trombetas (8.6 – 9.21; 11.19)
F. O mistério da medição do Templo (11.1,2)
G. O mistério das duas testemunhas (11.3-14)
4. Os assustadores sinais mundiais (12.1 – 14.20)
A. O sinal da mulher com a coroa de doze estrelas (12.1-16)
B. O sinal do enorme dragão vermelho (12.3-17)
C. Israel gerou um filho que regerá o mundo (12.5,6)
D. A batalha de Miguel, o arcanjo (12.7)
E. A Besta que se levanta do mar (13.1-10)
F. A Besta que se levanta da terra (13.11-18)
5. Cristo, o Cordeiro de Deus, no monte Sião (14.1-5)6. Anúncios especiais dos anjos do Senhor (14.6-20)
7. Os sete anjos derramam as sete taças do juízo (15.1 – 16.21)
A. Os santos entoam hinos de louvor a Deus (15.1-4)
B. Os anjos executam os sete flagelos do juízo (15.5-16.21)
8. Terceira Visão: Cristo e a Vitória absoluta (17.1 – 21.8)
A. A destruição da Babilônia (17.1 – 18.24)
B. A resposta que vem do céu (19.1-10)
C. A prisão de Satanás por mil anos (20.1-6)
D. Grandes conflitos e o juízo final (20.7-15)
E. Nasce o novo céu e a nova terra (21.1-8)
9. Quarta Visão: Cristo e a eternidade (21.9 – 22.5)
A. Nasce uma Nova Jerusalém (21.9-21)
B. A nova vida com o Cordeiro (21.22 – 22.5)
10. Conclusão do Apocalipse (22.6-21)
A. Convocação à obediência imediata (22.6-11)
B. Convocação ao serviço cristão (22.12-15)
C. Convocação ao Amém de Cristo (22.16-20)
D. Bênção apostólica a todos os crentes (22.21) 

NOVO TESTAMENTO

Quem caminha com Cristo, deve fazer a leitura do N.T. conforme a sequência que se segue, sem leitura orientada, a fim de que cada um, de si mesmo, verifique o significado do Evangelho sem as leituras pré-condicionantes aprendidas na religião. É preciso aprender a olhar as Escrituras a partir do Evangelho.

O EVANGELHO É AS BOAS NOVAS.

O Evangelho é a Boa Nova. O Evangelho é a certeza de que Deus se reconciliou com o mundo, em Cristo; e que agora os homens podem se desamedrontar, pois foi destruído aquele que tem o poder da morte a saber: o diabo ; bem como foram libertos aqueles que estavam sujeitos à escravidão do medo da morte por toda a vida. Quem crer está livre, e pronto para começar a andar na paz”.

CONHEÇA OS ENSINAMENTOS DE JESUS

É impossível Amar Jesus e não conhecer profundamente seus ensinamentos. Eu amo os ensinamentos de Jesus quando praticamos estamos perto dele é só isso que eu quero, está cada vez mais pertode Jesus Cristo, sentir Sua presença. Como alguém pode dizer que está em Cristo e não sentir a presença dele? O que sou eu sem Sua presença Dele? A presença dele é paz é amor é saúde Eu amo Jesus e seus ensinamentos e tenho praticado. Ele é o Rei dos Reis. Ele é O único cada vez mais eu quero estar bem perto de ti Senhor.

☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆ ORO POR TODOS VOCÊS☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆

Visualizar

☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆ QUERIDOS SEGUIDORES ☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆

☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆ QUERIDOS SEGUIDORES DO GOOGLE+ ☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆

☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆ Comentários Recentes☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆

☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆ Minha lista de blogs ☆….☆¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•*¨) ¸.•☆

❤️ ESPAÇO "SOS" NÃO SE CALE DENUNCIE ❤️

Visualizar

“DISQUE 100” VIOLÊNCIA CONTRA OS IDOSOS

A LEI 10.741/2003 O ESTATUTO DO IDOSO ART. 3º É OBRIGAÇÃO DA FAMÍLIA,DA COMUNIDADE,DA SOCIEDADE E DO PODER PÚBLICO ASSEGURAR AO IDOSO,COM ABSOLUTA PRIORIDADE O DIREITO À VIDA,À SAÚDE,À ALIMENTAÇÃO À EDUCAÇÃO,À CULTURA AO ESPORTE, AO LAZER AO TRABALHO,À CIDADANIA À LIBERDADE À DIGNIDADE, AO RESPEITO E À CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMUNITÁRIA. COM A FINALIDADE DE ASSEGURAR AINDA MAIS DIREITOS AOS IDOSOS.

Visualizar

ABORTO É CRIME É PECADO

COMO ALGUÉM PODE MATAR UM SER INDEFESO DENTRO DE SEU VENTRE? COMO PODE ALGUÉM PAGAR UM MÉDICO PARA MATAR SEU FILHO? COMO UM MÉDICO SE FORMA PARA $$ MATAR UM INOCENTE? O SANGUE DESSES INOCENTES CLAMAM NAS MÃOS DE SEUS ASSASSINOS. A VIDA É COMO UM CARTÃO DE CRÉDITO UM HORA A FATURA CHEGA.

Visualizar

NÃO SE CALE DENUNCIE!

É NA FAMÍLIA QUE ACONTECE UMA DAS FORMAS MAIS TERRÍVEIS E POLEMICAS DE VIOLÊNCIA. PORQUE É DOS FAMILIARES QUE ESPERAMOS AMOR, CUIDADO E COMPAIXÃO, NÃO AGRESSÕES, ABUSO SEXUAL, ABANDONO, E INDIFERENÇA. MESMO EM FAMÍLIAS EVANGÉLICAS E CATÓLICAS ACONTECEM MALDADES COM CRIANÇAS. E SE VOCÊ SE CALAR VOCÊ É PARTICIPANTE DISSO TUDO. VOCÊ PODE ORAR E REZAR PELAS CRIANÇAS MAS TAMBÉM DEVE DENUNCIAR.


Visualizar

DENUNCIE DISQUE 100.

A PEDOFILIA É A PERVERSÃO SEXUAL, NA QUAL A ATRAÇÃO SEXUAL DE UM INDIVÍDUO ADULTO OU ADOLESCENTE ESTÁ DIRIGIDA PRIMARIAMENTE PARA CRIANÇAS. PROTEJA SEU FILHO, POIS ESTE CRIME ESTÁ EM TODO LUGAR, ATÉ MESMO NA INTERNET!

Visualizar

DENUNCIE LIGUE 180

A BÍBLIA, REGISTRA DIVERSAS REFERÊNCIAS AOS ANIMAIS, CURIOSAMENTE ESQUECIDAS NAS PREGAÇÕES, ESTUDOS E EXPOSIÇÕES BÍBLICAS. AS ESCRITURAS SAGRADAS PARA JUDEUS E CRISTÃOS REGISTRAM QUE O CRIADOR SEMPRE TEVE CUIDADOS ESPECIAIS COM OS ANIMAIS, REGULOU O MANEJO E O TRATAMENTO COM ESTES, E SEMPRE REFUTOU CLARAMENTE OS MAUS-TRATOS. A BÍBLIA DIZ:O JUSTO IMPORTA-SE COM A ALMA DO SEU ANIMAL DOMÉSTICO, MAS AS MISERICÓRDIAS DOS INÍQUOS SÃO CRUÉIS (PV 12:10). DEVERÍAMOS CUIDAR MAS DOS ANIMAIS SERMOS MAIS ATIVISTAS COMO NA HOLANDA QUE ENTENDE QUE ESSA É UMA MISSÃO DE TODOS PRINCIPALMENTE DOS CRISTÃOS.

Visualizar

GATO PRETO NÃO DÁ AZAR!

DURANTE A IDADE MÉDIA, ALGUMAS PESSOAS ACREDITAVAM QUE OS GATOS PRETOS ERAM BRUXAS TRANSFORMADAS. POR ESTA RAZÃO CRUZAR COM GATO PRETO NA RUA ERA UM SINAL DE AZAR. ESTE É UM PRECONCEITO SEM FUNDAMENTO,A COLORAÇÃO NEGRA OCORRE NATURALMENTE EM FELINOS ASSIM COMO EM CACHORROS E ESTÁ LIGADA A PIGMENTAÇÃO MELANINA. ESTA É UMA CARACTERÍSTICA GENÉTICA E NÃO EXERCE NENHUMA INFLUENCIA SOBRE O COMPORTAMENTO DO ANIMAL. EM ÉPOCAS DE HALLOWEEN E NAS SEXTAS FEIRAS AUMENTA OS MAUS TRATOS CONTRA OS GATOS PRETOS.


Visualizar

AJUDE A SUÍPA! ELES PRECISAM MUITO DE NÓS.


SUIPA- SOCIEDADE UNIÃO INTERNACIONAL PROTETORA DOS ANIMAIS

COM 74 ANOS DE EXISTÊNCIA, DESDE 1943, A SUIPA PERMANECE VIVA COMO ENTIDADE PARTICULAR, SEM FINS LUCRATIVOS, E DE UTILIDADE PUBLICA. AJUDE A SUIPA COM DOAÇÕES DE ALIMENTOS SÃO MUITOS OS ANIMAIS ABANDONADOS E RESGATADOS FERIDOS NA RUA. PENSE E IMAGINE QUANTO ELES GASTAM DE ALIMENTOS DIÁRIOS COM OS ANIMAIS. FORA O QUE GASTAM COM REMÉDIOS VACINAS CIRURGIAS. OLHA A CARINHA DELES ADOTE E AJUDE.


Visualizar

ABANDONO DE ANIMAIS É CRIME

Visualizar

DEUS FEZ

Visualizar