Novo Testamento

Quem caminha com Cristo, deve fazer a leitura do N.T. conforme a sequência que se segue, sem leitura orientada, a fim de que cada um, de si mesmo, verifique o significado do Evangelho sem as leituras pré-condicionantes aprendidas na religião. É preciso aprender a olhar as Escrituras a partir do Evangelho.

O Evangelho é a Boa Nova


O Evangelho é a Boa Nova. O Evangelho é a certeza de que Deus se reconciliou com o mundo, em Cristo; e que agora os homens podem se desamedrontar, pois foi destruído aquele que tem o poder da morte — a saber: o diabo —; bem como foram libertos aqueles que estavam sujeitos à escravidão do medo da morte por toda a vida. Quem crer está livre, e pronto para começar a andar na paz”.

Postagens Aleatórias

Blog em Defesa do Evangelho e interdenominacional. Sempre houve defensores do Evangelho desde a igreja primitiva, há uma luta contra os falsos mestres, que deturpam a bíblia manipulando mentalmente e emocional aqueles que os seguem. Quem ama Jesus Cristo defende Seu Evangelho descordando dos cultos de entretenimento e a comercialização de fé.

"Fora do Caminho da Graça em Cristo, não há caminho a ser feito!"

Romanos

Autoria
Desde os primórdios da igreja a epístola aos romanos é aceita unanimemente como sendo de autoria do apóstolo Paulo Romanos Capítulo 1 Versículo 1 ao 5 esta carta contém várias referências históricas que coincidem com fatos conhecidos da vida de Cristo e é considerada por muitos teólogos a mais importante obra da Bíblia o seu conteúdo é bem característica o estilo de Paulo O que é notório ao comparado com outros de suas cartas sagradas.
Propósitos
Logo depois de cumprimentar os irmãos da igreja em Roma, destinatários Diretos das orientações da carta ,o apóstolo Paulo, com sua típica saudação acompanhada de ação de graças fazendo uso da autoridade do antigo testamento ( Habacuque no Capítulo 2 Versículo 4) e apresenta o tema central da sua carta ,a justificação vem pela fé em Jesus Cristo Messias. Assim mais formal que as demais epístolas de Paulo a carta aos romanos apresenta de maneira profunda e sistemática a doutrina da justificação pela fé e seus desdobramentos, Paulo escreve para uma igreja aqui a qual não havia fundado nem nunca tivera antes ,embora lá ,tivesse alguns amigos chegados além disso a igreja que era predominante gentílica, estava agindo de forma intolerante contra os judeus cristãos que se sentiam constrangidos a obedecer às regras alimentares e datas cerimoniais da tradição religiosa Judaica (Capítulo 14 .1 - 6). A base dos argumentos de Paulo é a longânime infalível e eterna justiça de Deus (Capítulo 1 .16 - 17 ).A partir dessa constatação seguem-se várias abordagens doutrinárias fundamentais a revelação natural (Capítulo 1 .19 - 20) a Universidade do pecado (Capítulo 3.9-20), a plenitude da Graça Divina na justificação de todo ser humano (Capítulo 3 . 24), mediante o sacrifício expiatório de Jesus (Capítulo 3 . 25) ,por meio da Fé (Capítulo 4) ,a questão do pecado original (capitulo 5.12 - 20) a união com Cristo (capítulo 6), e a eleição em rejeição de Israel (capítulos 9 .11), o uso dos dons espirituais no (capítulo 12 .3 - 9) e o respeito às autoridades (capítulo 13.1 -7),é importante notar que Paulo escreveu aos romanos, também com a visão de preparar o caminho para a sua iminente viagem a Roma, para missão que ainda pretendia realizar na Espanha.
Data da primeira publicação
Foi durante a primavera do ano de 57 dC. que o apóstolo Paulo concluiu seu tratado doutrinário aos romanos. Nesta ocasião ele estava em Corinto, preparando-se para viajar transportando o dinheiro ofertado por algumas igrejas e vários cristãos aos irmãos empobrecidos e necessitados membros da igreja em Jerusalém. É provável que Paulo estivesse mais precisamente em Cencreia, cidade retirada cerca de 9 km de corinto. Gaio (seu anfitrião) e seus amigos Erastos (tesoureiro da cidade) e Quarto eram naturais de Corinto e Febe (fiel discípula e cooperadora) vivia e ministrava em Cencréia(16.1,23; 2ª Tm.4.20).
Bíblia King James Atualizada