23 julho 2012

EGITO... DESERTO... CANAÃ... OS TRÊS HOMENS DA BÍBLIA



A BÍBLIA APRESENTA A REALIDADE DE TRÊS HOMENS:

HOMEM NATURAL (1º Cor. 2.14)


HOMEM ESPIRITUAL (1º Cor.2.15)


E O HOMEM CARNAL ( 1º Cor. 3.19).

Esses homens tem um lugar na Bíblia, que o descreve, tem uma linha de conduta e como não podia ser um estado final resultante do que sempre foi no seu coração e na presença de Deus. Cada um representa um estado espiritual perfeitamente delineado na Palavra de Deus. Precisamos conhecer com bastante clareza o que vem a ser o HOMEM NATURAL- e o HOMEM CARNAL -O HOMEM ESPIRITUAL . Para justificar o título deste estudo ante a realidade dos três homens que encontramos na Bíblia, designamos: Egito, o Homem natural; Deserto, o Homem carnal e Canaã, o Homem espiritual. 

EGITO


Na linhagem espiritual profunda, Egito é o símbolo do mundo. E a Bíblia afirma que “o mundo”, (humanidade) jaz no maligno. A palavra Egito aparece cerca de 470 vezes tanto no velho testamento. É verdade que algumas vezes o sentido é bom, mas na maioria das vezes é sempre pejorativo. Em Gênesis 12.10 afirma-se que Abraão DESCEU ao Egito. Isso para a vida espiritual é sempre desastroso de consequências funestas. “Não desças ao Egito” (Gn. 26.2) foi a ordem terminante do Senhor a Isaque. Egito é o lugar onde se trafica pessoa humana, José, filho de Jacó foi ali vendido como se fosse uma coisa (Gênesis 37:36). A terra de escravidão. Os filhos de Israel curtiram anos de penosa escravidão; sujeitos a trabalhos forçados; açoitados barbaramente pelos exatores sem almas; foi chamado por Moisés (Deuteronômio 4.20) de FORNALHA DE FOGO-Êxodo 3:7,10; Deut, 15:15 e 16:12. 

EGITO é descrito como terra que esmaga os filhos de Deus.


Em Êxodo capítulo 7 aos 12 o Espirito Santo narra com os Juízos de Deus foram derramados sobre o Egito tais como hão de ser derramados sobre este mundo perverso e iniquo. O capitulo 14 de Números registra o triste episodio do povo do Israel que procura um capitão para guia-los de VOLTA AO EGITO. Isso provocou a ira de Deus contra o povo rebelde. Um povo de Deus nunca VOLTA ao Egito. Finalmente chegamos a Josué 5.9. Israel já passou a pé enxuto o Jordão e já pisa em Canaã. O povo, entretanto apesar de estar em Canaã ainda trazia o OPROBRIO do Egito. Opróbrio, isto é imundice do Egito. Em sentindo espiritual que viria a ser imundice do Egito? Bebidas alcoólicas, confusão, fumo, jogo, linguagem obscena, lugares impróprios, homicídios, dissenção, roupa escandalosa, pedofilia, costumes iníquos, cinema, futebol, circo, mau uso da televisão, furto, violência, mentira, impureza tal como adultério, fornicação, ganancia, corrupção, não há amor etc. E qual foi à ordem de DEUS a Israel por intermédio de Josué? Tira o opróbrio do Egito... Tira a imundice do Egito... E Israel tirou e logo veio à palavra do céu: GILGAL... Isto é: Hoje eu fiz rolar o opróbrio do Egito sobre voz. Egito, portanto é o símbolo do mundo, logo HOMEM NATURAL, do homem sem Cristo, do homem sem Salvação do homem que ainda nasceu de novo. 

DESERTO


É o estagio intermediário entre o EGITO e CANAÃ. Egito e Canaã, os extremos são permanentes, mas o DESERTO é precário. Não é lugar de descanso, mas de peregrinação. Não é lugar de descanso, mas de calor sufocante e areias escaldantes. Nenhuma sombra, pouca agua, quase nenhum alimento. Mas o DESERTO é passagem obrigatória para Canaã, à terra que mana leite e mel. 

O HOMEM CARNAL


O HOMEM CARNAL semelha-se ao DESERTO. Não está mais no Egito, mas não goza das delicias e das abundancias de Canaã. Vive sempre na carência dos bens espirituais, vive sem derrota, na mendicância das bênçãos do Senhor e arrastando-se penosamente pelas areias quentes de um deserto humano, exposto aos perigos dos muitos inimigos e escravo de via paixões. Como a borboleta na fase de lagarta, que vegeta sempre e nunca alcança as asas libertas para voar, respira os ares poluídos da terra e contamina-se com o lodo do brejo, assim é o HOMEM CARNAL que se consome nas areias do deserto da vida espiritual. 

CANAÃ



Depois de vencer todas as barreiras do deserto, Israel, alcançou as ribanceiras do Rio Jordão. Moisés já estava morto e Josué foi levantado por Deus para levar o povo a conquistar Canaã. As aguas do Jordão se abriram e Israel passou o grande rio a pé enxuto. Na terra de Canaã, mas precisou conquistar o grande território palmo a palmo; “Todo lugar que pisar a planta do vosso pé vô-lo tenha dado, como eu prometi a Moisés”. Israel reuniu e se arregimentou para possuir a terra. Lutou contra terríveis inimigos e nada se não o pecado o embaraçou na posse da terra. Canaã foi dada a Israel por promessas do Senhor a Abraão (Gn.12.7), reiterada a Isaque (Gn.26.3) e confirmada a Jacó(Gn. 28.13). E agora, 400 anos decorridos, a promessa do Senhor se cumpre. Apesar de, potencialmente essa terra pertencer por direito de promessas ao povo de Israel, cada judeu precisou se apropriar da terra, portanto da promessa do Senhor. E entrava na posse dessa terra, unicamente pela fé (Hb. 3:19) . 

Canaã é a terra da promessa do Senhor



É onde o Senhor abençoa e onde estão os rios de agua abundantes, as fontes de águas cristalinas, as arvores frondosas, os montes elevados e os vales férteis as chuvas que caem certas e os campos que barqueiam para as ceifas colossais; onde está o ouro e prata não falta, o ferro e o cobre ás toneladas; as cidades são fortes e os muros defendem; os exércitos se multiplicam e as armas de guerra não faltam,. Em Canaã é sempre vitória do Senhor. 

Canaã é, portanto, é o HOMEM ESPIRITUAL que tem Espirito Santo porque é salvo e está CHEIO do Espirito para o trabalho e desfruta de todos os bens espirituais do Senhor e vai de fé em fé, de vitória, até o dia perfeito do Todo- poderoso. 


DESCRIÇÃO MAS ESPECIFICA DOS TRÊS HOMENS DECLARADO NA BÍBLIA 
DECLARADO NA BÍBLIA

Na primeira carta aos Coríntios 2.14 o Apóstolo situa o HOMEM NATURAL com estas palavras:



“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”. A apostolo Paulo coloca esse homem (natural) no campo da incredulidade em Cristo, sem entendimento e sem capacidade para discernir as realidades espirituais da terceira Pessoa da Trindade. 

O HOMEM NATURAL



Nasceu do Espirito Santo, portanto não tem o Espirito Santo. Só nasceu uma vez da carne, isto é, de seu pai e sua mãe. Todas as inclinações do seu coração voltam se para aterra o Diabo. Não entende do Espirito Santo. Não adianta argumentar com ele a respeito do amor de Deus em dar o seu Filho Unigênito para morrer na cruz em nosso lugar. Não pode entender como nós deixamos de ir a um cinema ou teatro para irmos à Casa do Senhor; como preferimos uma reunião de oração a um programa de televisão ou há uma sala de bate papo u uma partida de futebol ou uma novela fascinante; não entendem como entregamos o dizimo, também não entendem como jejuamos e oramos e intercedemos por nossos irmãos, e até mesmo por eles. 

Ao HOMEM NATURAL não adianta tentar prová-lo que Deu existe e que a Bíblia diz a verdade. O HOMEM NATURAL precisa nascer de novo.



O HOMEM NATURAL tem um coração de pedra, nada de Deus penetra ou quebranta seu coração, sua vontade inclina-se para a carne, para a matéria para o pecado. O seu sentimento também é pederneira. Pode chorar diante de um quadro triste, mas tudo nele gravita em Torno de um eixo que se chama matéria. A sua mente, do mesmo modo, esta em trevas. Volta-se frequentemente para a cultura terrena, já se vê, para cultura terrena, já se vê, para a prostituição, a impureza, a paixão lasciva, desejo maligno, avareza e tudo o que é da terra e do mundo e de satanás.(1º Col.3.5). 

COMO A BÍBLIA DESCREVE O HOMEM NATURAL?



A Palavra de Deus descreve um quadro alarmante do homem Sem Deus, profundamente real. A moderna psicologia procura descobrir nomes complicados com o propósito de encobrir o pecado do homem: a criminologia atual pelo mesmo caminho isenta o homem de culpa dos horrendos crimes praticados, transferindo a responsabilidade para o os pais, para educação, para o ambiente, para as taras e enfermidades. De acordo com esse critério, tudo tem culpa menos o culpado. A Bíblia, no entanto, não deixa de reconhecer alguns casos de doenças ou de fator hereditário, mas diretamente responsabiliza o homem pelo que faz. E remonta nessa avaliação, até a raiz, apontando a verdadeira causa. O homem faz o mal porque é pecador e não que é pecador porque faz o mal. 

Referencias bíblica sobre o homem natural: Gn 8.21- Isaias 48.8-João 3.6-Mt 13.38-Marcos 7.21-23.Isaias 1.4.

O único poder capaz de tirar o homem natural do reino das trevas é o NOVO NASCIMENTO, João 3. No NOVO NASCIMENTO o impossível acontece, este poder arranca o homem do poder do reino das trevas e transporta para o REINO DO SENHOR DEUS.


O HOMEM CARNAL



Quem é o HOMEM CARNAL? É uma criatura que aceitou a Cristo como seu Salvador, que foi lavado no sangue do Filho de Deus, nasceu de novo, pertence ao Reino da Luz, tem o nome inscrito no LIVRODA VIDA, tem certeza da salvação e se morrer vai para o céu( ora ninguém vai para o céu porque merece ou por ser bom, mas porque tem Cristo no coração). Toda via não dá liberdade no seu coração ao Espirito Santo que vive sempre entristecido (Efésios 4:30), apagado e resistido e nunca pode realizar a obra do céu nele e através dele para enfraquecer o reino do Diabo. E essa diferença leva a pessoa humana à outra diferença que é. 

SALVAÇÃO E GALARDÃO


Saibamos que existe uma enorme diferença que lhe foi outorgada, pelos dos céus de graça, inteiramente de graça; mas nem todo crente receberá galardão, porque este será dado àquele que, tendo Cristo no coração, trabalha para o seu amor e galardão o que nós retribuímos a Deus em obra, que fazemos, depois de salvos, também em seu amor. Leia abaixo: 

A minha salvação depende do que Cristo fez. 

A minha certeza de Salvação depende do que Cristo afirmou. 

O meu galardão depende do que eu faço para Cristo; 


E a minha felicidade depende da minha comunhão com Cristo. 


Leiamos atentamente 1ª Coríntios 3: 10-15: 10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. Esse texto não fala de salvação, mas sim do que já está salvo, portanto está sobre Cristo. È o que o mesmo Apóstolo emprega noutros lugares a expressão: EM CRISTO...EM CRISTO...(II COR. 5.17.etc...) 


Quando a pessoa está EM CRISTO, segue-se que já está salva, já é um crente, tem vida eterna, já nasceu de novo e tem o seu nome escrito no Livro da vida do Cordeiro. Esta salvação é inteiramente de graça não é por batismo ou qualquer outro rito meritório, nem obras sejam elas quais forem. Agora este crente que está EM CRISTO. Pode edificar uma obra de ouro, prata e pedras preciosas, ou então de madeira, feno e palha. Isto vem a serem as obras que fazemos DEPOIS de sermos crentes em Jesus. Nós acostumamos dizer: uma laranjeira produz laranja não PARA SER LARANJEIRA, mas PORQUE é LARANJEIRA. Do mesmo modo, o crente faz boas obras não ser salvo, mas porque é salvo. Um SALVO pode edificar uma casa de material que resista á prova de Deus, como ouro, prata, pedras preciosas, ou então de material precário como madeira, feno, palha. Cada salvo em Cristo pode fazer uma obra de aparência, como os três últimos alinhados. 

O FOGO provará a obra de cada um. Fogo nesse caso é a PROVA DE DEUS. Muita obra feita por crentes verdadeiramente salvos, dentro de nossas igrejas, feita em nome do Senhor Jesus Cristo, não é obra de Deus, portanto não será aprovada por Deus. E muita que é realizada no silêncio, anonimato, imperceptível aos olhos dos homens, será reconhecida pelo Senhor, como foi a da viúva pobre de Jerusalém (Lc, 21.1-4), casa de ouro, prata, pedras preciosas. Se a obra de alguém resistir, isto é, for aprovada pelo Senhor, esse receberá GALARDÃO. Se, porém, se queimar, o tal não sofrerá dano (está em salvo em Cristo),apenas a sua obra será destruída: vale dizer: não receberá GALARDÃO, se porém, se queimar, o tal não sofrerá dano (estará salvo em Cristo), apenas sua obra será destruída; vale dizer não receberá galardão. 


O HOMEM CARNAL está em Cristo, portanto salvo, mas porque não dá liberdade ao Espirito Santo em seu coração, está edificando no Fundamento de Cristo onde está, casa de madeira, feno e palha. Não resistirá ao FOGO da prova de Deus. Irá para o céu ao morrer, porém, com as mãos vazias, sem nada construtivo, nada real. Não receberá galardão. Perdeu seu tempo, suas oportunidades, seus talentos; serviu ao mundo e não a Deus. 


PERFIL DO HOMEM CARNAL 


O HOMEM CARNAL anda segundo a carne (Rm.8.4 e Gál.5.16-17). Ele tem Cristo no seu coração, o Espirito Santo, porém sua aparência é de entristecido e apagado e sem qualquer liberdade. O seu andar isto sem qualquer liberdade. O seu andar é, isto é, o proceder é semelhante ao homem do Egito. O que fala e o que faz não diferem do HOMEM NATURAL. A dificuldade com o HOMEM CARNAL é que vive NA FRONTEIRA DO EGITO. Não é do EGITO mas vive perto dele. Vez por outra desce ao EGITO. Às vezes pelo que o HOMEM CARNAL faz chegamos a penar que ele é ainda do EGITO. Ele não é do “Egito”. De repente, ei-lo transformado andando como HOMEM DE CANAÃ, vive, portanto numa oscilação, pois não anda segundo o Espirito e sim segundo a carne. Ele saiu do mundo mas o mundo não saiu dele. Ainda permanece debaixo do julgo do pecado, e por isso satisfaz as paixões da carne. 

INFÂNCIA ESPIRITUAL-(Iª CO.3.12)


O Apóstolo Paulo descreve o HOMEM CARNAL como uma criancinha. E o que é uma criancinha? Alguém que ainda não cresceu. Ele pode ser gigante no corpo, mas espiritualmente ainda não cresceu. Pense quantas pessoas tem no seu coração há 20 , 30 anos e até 40 anos, mas são verdadeiras criancinhas em Cristo. Como dependente se não dermos comida há uma criancinha morrerá de fome; a água da mesma maneira e remédio também; não se locomove não se defende. Precisa das mãos que o auxiliem. Assim é o HOMEM CARNAL. Sabe eu reparo nas redes sociais como o Face ou Orkut a pessoa carnal, no caso o crente carnal ela sempre de impulsos para caminhar se você coloca uma mensagem dificilmente O CRENTE CARNAL compartilha- curti ou comenta, mas , se você coloca um Scraps com um versículo tipo: Jesus ti ama! Nenhuma arma forjada contra ti prevalecerá! O CRENTE CARNAL sente como que Deus falando com ele. Ou seja, precisa sempre ser alimentado está sempre com fome causado por desnutrição espiritual. Sinceramente eu acho esquisito alguém sentir-se mais seguro ao ler ou ouvir JESUS TI AMA, eu tenho certeza absoluta que Jesus nos ama não importa a situação que estejamos passando, isso é fato. O HOMEM CARNAL OU CRENTE CARNAL como criança espiritual gosta de brincar de gritos de chorar de rir de pular, ou seja, de desordem, por isso gosta de cultos onde pode expressar sua meninice espiritual. Não consegue sentir a presença de Deus através de um culto silencioso com alimento forte, ele gosta do espiritismo evangélico, gosta de saber o dia de amanhã por isso adora conversar com “profetas” como uma criança quer saber se amanhã seu pai vai lhe dar o que quer. O HOMEM Carnal é medroso, pois vive na fronteira entre O DESERTO E O EGITO. Tem mais uma peculiaridade do HOMEM CARNAL ele não assume seus erros suas quedas ele sempre diz que satanás é o culpado isso mostra sua característica de infantilidade espiritual de alguém que vive realmente sobre o domínio do pecado, porque não se alimenta não cresce. Ele ignora o que não sabe controlar. 

HOMEM CARNAL E SEUS RELACIONAMENTOS. 


Como uma criancinha maiorzinha o HOMEM CARNAL gosta de brigar com seus coleguinhas seus amiguinhos e amiguinhas, bate e apanha não cria raízes em seus relacionamentos e depois de brigar e apanhar chega a conclusão mais uma vez que foi satanás e o mal sempre está no seu coleguinha nunca em si próprio. Hoje diz uma coisa amanhã outra, tem inveja do Pastor das vitórias de seus coleguinhas, é imaturo. Vive em ciúmes e contendas (Iª Cor. 3.3) Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? Para finalizar o HOMEM CARNAL produz obras da carne (Gl 5.19) Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias. Só para lembrarmos mais uma vez: o HOMEM CARNAL VIVE NA FRONTEIRA DO EGITO COM O DESERTO, por isso sempre diz que está passando pelo deserto, a pergunta é passando para CANAàou o EGITO? 

HOMEM ESPIRITUAL



Declarações do Apóstolo Paulo ao HOMEM ESPIRITUAL (Iª Cor. 2.15-16) Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do SENHOR, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. O HOMEM ESPIRITUAL está colocado nessa narrativa bíblica, num plano bastante elevado, senão vejamos: 1) Paulo pelo Espirito Santo chama ESPIRITUAL, em oposição ao HOMEM CARNAL. Os dois adjetivos: CARNAL E ESPIRITUAL expressam muito bem a realidade acerca dos crentes. O Carnal apesar de ser do Senhor, inclina-se quase sempre para o terreno e o perecível: O Espiritual pelo contrario, é do Senhor e busca sempre “as coisas lá do alto onde Cristo está sentado “(Col. 3.1), PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Paulo diz que o crente Espiritual JULGA todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém. A capacidade de JULGAR, atribuída ao CRENTE ESPIRITUAL é das mais profundas qualidades conferidas ao homem pelo Espirito Santo. Só Deus pode julgar segundo a reta justiça. Julgar, penetrar o invisível das coisas, somente os olhos de retidão e pureza podem fazê-lo. E para realizar essa obra, necessário é que o servo do Senhor esteja cheio do Espirito, portanto de poder e amor, de boa vontade e de graça. Sua consciência precisa estar em paz com seu Deus. Nada o abala nada o intimida. Ora o Crente Carnal, não pode e nem está em condições de julgar. O HOMEM ESPIRITUAL está perto de Cristo, tem, mas luz, mais conhecimento, mais ciência, mais discernimento, mais graça. O HOMEM CARNAL enxerga tudo da cor de suas lentes de pecado, negras e deformantes: O HOMEM ESPIRITUAL enxerga pelos olhos do Senhor vê santidade e pureza em tudo. 

PERFIL DO HOMEM ESPIRITUAL


O HOMEM ESPIRITUAL discerni entre a verdade e o erro em Iª Cor.12.10 o Apóstolo Paulo, entre os dons do Espirito, coloca o do DISCERNIMENTO de espíritos. Este maravilhoso DOM objetiva uma grande finalidade, qual seja a de saber, com absoluta certeza, a providencia da obra de Deus que está sendo realizada. O DOM DO DISCERNIMENTO não se destina : 


Descobrir pecados do coração; 


Revelar coisas ocultas; 

Orientar uma vida ou um trabalho seja qual for; 


Predizer o futuro;

O DOM DO DISCERNIMENTO se destina: 

Se for língua estranha;
Profecia;
Pregação da Palavra de Deus;
Uma revelação de Deus;
Uma visão;
Um trabalho qualquer proclamado ser feito em nome de Deus, se é DA CARNE ou DO DIABO ou DO ESPIRITO DE DEUS.


O HOMEM CARNAL (CRENTE CARNAL) pode ser iludido com aparências, com vidas, com falsa religiosidade, com pseudas línguas ou enganosas profecias, ou visões ou revelações; o Espirito, no entanto, jamais é enganado. Em Iª João 4.1 o velho apóstolo exorta: “Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes PROVAI OS ESPÍRITOS se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo a fora”. Quantos “espíritos enganadores” e “falsos profetas” existem hoje; homens que proclamam “coisas grandiosas” para os pobres pecadores, entretanto estão voltados apenas para: Vaidade, pois se colocam em lugar de Cristo, querem ser glorificados e exaltados; Dinheiro: em tudo tem dinheiro vêm dinheiro, pedem dinheiro, abusam do dinheiro e só trabalham por dinheiro;  O HOMEM ESPIRITUAL não se deixa iludir com tais “espíritos” de demônios, de engano, de imundícia. 

CARACTERÍSTICAS DO HOMEM ESPIRITUAL (CRENTE ESPIRITUAL) :



Anda pelo espirito, Romanos 8.13 Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Gl 5.25. Anda na Luz,como Deus está luz está: Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. Iª Jo 1.7.  Ama seus irmãos: Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão. Iª Jo 4.20.  Odeia o Pecado-não tem prazer no pecado. Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca. Iª Jo 5.18.  Ama a Palavra de dia e de noite (Salmo 1 e 19). Obedece aos mandamentos do Senhor não por imposição, mas por amor.  Tem calo nos joelhos. Ora constantemente no Espírito, com altruísmo, com gratidão, vitoriosamente.  Entrega o dizimo de tudo quanto ganha, com fidelidade, com amor. Vai além da sua liberalidade, dando ofertas alçadas.  Ama a igreja do Senhor e, como o Salmista pode dizer: “E habitarei na casa do Senhor para todo o sempre”. O serviço para o crente espiritual está acima de frio ou de calor, chuva o bom tempo, aniversários, cansaço ou longa distancia. 

Nas deliberações na Igreja, age com juízo e maturidade, não criando embaraço mas apoiando a justiça e sempre fazendo o que agrada a Deus. Está morto para o mundo e o morto para ele, portanto vive em santidade e pureza e é exemplo para os novos crentes e inspiração para todos. Cometido no falar. Não se exaspera. Sua conversa é temperada com sal. Calmo e reflexivo em casa no trabalho, na rua na igreja. Preocupa-se com os irmãos. 


Sabe se relacionar e não brinca com sentimentos alheios. 



Assumi seus erros (quando erra). Não é mentiroso, não vive em falsidade e é honesto em seus sentimentos para outrem. Tem um coração piedoso, misericordioso é cheio do Espirito Santo. Lê o que é bom, ouve boa musica e só gasta tempo para gloria do Senhor. O nosso andar no Espirito exige que o nosso HOMEM INTERIOR tenha sido libertado. E este só pode ser libertado, quando quebramos o vaso que o envolve que é o nosso EU ou o HOMEM EXTERIOR, o qual, como cântaro de Gideão, precisa ser quebrado para o nardo puro rescenda seu perfume. 

MATURIDADE ESPIRITUAL


Quando o Homem Natural se converte pelo Espirito Santo, é um bebe em Cristo. E só experimentará crescimento real quando for BATIZADO PELO ESPIRITO SANTO. Até esse marco em sua vida, permanecerá como criancinha em Cristo, não importando o numero de anos que tenha de crente no Senhor Jesus. Enquanto não for Batizado no Espirito Santo, é capaz de fazer uma serie de coisas que vem provar a sua infância espiritual. Muitos, por exemplo, acham que espiritualidade é mudar de denominação, outros acham que é mudar de igreja, outros que precisam frequentar cultos eloquentes, ou outros que devem gritar muitos outros acham que devem usar modas exóticas e cabelo tal se não é espiritual. Ora, isso tudo, não passa de infância espiritual. Logo o segundo estagio da infância chega e algumas coisas são abandonadas, e outras quando chegar a adolescência, e o resto, quando amadurecer completamente. Cresce, cresce, e abandona os rudimentos da fé e alcança os estágios mais altos da maturidade espiritual, na oração, na Bíblia, na contribuição, no trabalho do Reino, no amor, na pureza, na consagração, na santidade e, sobretudo na comunhão com o Pai e com o Filho Jesus Cristo. Esse crente Espiritual olhará para traz e verá como um adulto, todos os seus brinquedos empilhados e guardados. Foram bons, serviram muito, agora, porém, só lembrança de um passado. (Iª Cor. 13.11). 

NOVO TESTAMENTO

Quem caminha com Cristo, deve fazer a leitura do N.T. conforme a sequência que se segue, sem leitura orientada, a fim de que cada um, de si mesmo, verifique o significado do Evangelho sem as leituras pré-condicionantes aprendidas na religião. É preciso aprender a olhar as Escrituras a partir do Evangelho.

O EVANGELHO É A BOA NOVA


O Evangelho é a Boa Nova. O Evangelho é a certeza de que Deus se reconciliou com o mundo, em Cristo; e que agora os homens podem se desamedrontar, pois foi destruído aquele que tem o poder da morte — a saber: o diabo —; bem como foram libertos aqueles que estavam sujeitos à escravidão do medo da morte por toda a vida. Quem crer está livre, e pronto para começar a andar na paz”.

☛ QUERIDOS SEGUIDORES

☛QUERIDOS SEGUIDORES DO GOOGLE+

☛ Comentários Recentes

Minha lista de blogs