Evangelho Segundo Lucas


Autoria
Lucas o médico de homens e almas; o médico amado, como ficou conhecido (Cl 4.14). Irineu, um dos pais da Igreja, já citava o Evangelho Segundo Lucas em suas obras, por volta do ano 180 d.c.
Lucas, grande amigo e companheiro de ministério do apóstolo Paulo (2ª Tm 4.11; Fm 24), é o único autor gentio do Novo Testamento . Embora não tenha sido testemunha ocular da vida de Jesus Cristo, andou com Deus, cheio do Espirito Santo, o qual o inspirou a escrever este Evangelho e o livro de Atos e a servir como missionário até sua morte. Lucas nos informa que seu trabalho foi beneficiado pela obra de outros (Lc 1.1), que ele consultou várias testemunhas oculares(Lc 1.2), e que selecionou e dispôs as informações com extremo cuidado, sob a direção do Espirito Santo(Lc 1.3), a fim de instruir Teófilo quanto á fidedignidade da fé em Jesus Cristo(Lc 1.4).
Propósitos
O Evangelho Segundo Lucas é especificamente endereçado a Teófilo, cujo nome significa “aquele que amam a Deus e desejam saber a verdade sobre Jesus Cristo, Seu Filho, nosso Salvador. Lucas trata Teófilo por “excelentíssimo” o que reforça a ideia de que esse livro tinha como principal objetivo um leitor em especial: Teófilo, um alto oficial do Império romano que, segundo historiadores renomados, desejoso de conhecer a verdade, patrocinou Lucas nesse projeto e investigação acurada de todos os fatos concernentes à vida e obra de Jesus Cristo; cujo ensino já invadia Roma, convertendo multidões. Na mesma época surgiram vários relatórios falsos sobre Jesus e, tanto Teófilo, o Evangelho Segundo Lucas se inicia para todos os gentios. O autor revela interesse especial por detalhes médicos ( Lc 4.38; 7.15; 8.55;14.2; 18.35;22.50).Há grande ênfase nos acontecimentos relacionados ao nascimento de Cristo. Curiosamente, somente Lucas registra:
  1. A anunciação a Zacarias e Maria;
  2. Os cânticos de Isabel e Maria;
  3. O nascimento e a infância de João Batista;
  4. O nascimento de Jesus;
  5. A visita dos pastores;
  6. A circuncisão de Jesus ;
  7. Sua apresentação no Templo;
  8. Detalhes da infância de Jesus;
  9. Pensamentos íntimos de Maria, mãe de Jesus.
Lucas demostra grande interesse por fatos que se deram com indivíduos :
  • Os relatos de Zaqueu (Lc 19.1-10);
  • Do ladrão que se arrependeu (32.39-43);
  • A parábola do filho perdulário(23.29-43);
  • A história do bom samaritano(Lc 10.29-37);
  • O ex-leproso agradecido (Lc 17.11-19).
Lucas ainda dá especial atenção à disciplina espiritual da oração (Lc 3.21; 5.16; 6.12; 9.18,28-29; 10.21; 11.1; 22.39-46;23.34,46). O Evangelho Segundo Lucas dá grande destaque ás mulheres, algo incomum na época ( Veja os capítulos 1,2, 7.11-17, 36-50; 8.1-3; 10.38-42,21.1-4; 23.27-31,49) O livro apresenta quatro belos cânticos, conhecidos como: a Canção de Maria ou Canto de Maria (Lc 1.46-55), a Canção de Zacarias (Lc 1.67-79), o Glória a Deus nas Alturas (Lc 2.14) Cântico de Simeão(2.29-32). Lucas ainda reflete sobre o contraste da pobreza em relação á riqueza(1.52-53;4,16-22; 6.20,24-25; 12.13-21; 14; 16.19-31).
Este é o Evangelho do misericordioso Filho de Deus que oferece Salvação a toda humanidade(19.10)
Data da Primeira Publicação
Considerando que os últimos capítulos do livro de Atos mostram Paulo em Roma, e que o Evangelho Segundo Lucas foi publicado antes de Atos (At 1.1), podemos concluir que este Evangelho foi escrito entre os anos 50 e 64 d.c., em Cesareia, durante os dois anos em que Paulo esteve preso ali por pregar a Palavra de Deus(At 24.27). Lucas tinha completo domínio da língua grega da época. Seu vocabulário é amplo e rico, e seu estilo, algumas vezes se aproxima do grego clássico, como ocorre logo no prefácio (Lc 1.1-40), ao passo que em outras ocasiões assume um tom bem semítico ( Relativo ou pertencente aos Semitas) Lc 1.5-2,52,assemelhando-se á Septuaginta (tradução do Antigo Testamento para a língua grega). Seu vocabulário é sensível á cultura e geográfica de cada lugar sobre o qual narra fatos passados. Por exemplo, quando Lucas se refere a Pedro num contexto judaico, emprega uma linguagem mais semítica que nos momentos em que descreve Paulo, num contexto helenístico(grego).
Bíblia King James Atualizada

NOVO TESTAMENTO

Quem caminha com Cristo, deve fazer a leitura do N.T. conforme a sequência que se segue, sem leitura orientada, a fim de que cada um, de si mesmo, verifique o significado do Evangelho sem as leituras pré-condicionantes aprendidas na religião. É preciso aprender a olhar as Escrituras a partir do Evangelho.

O EVANGELHO É A BOA NOVA


O Evangelho é a Boa Nova. O Evangelho é a certeza de que Deus se reconciliou com o mundo, em Cristo; e que agora os homens podem se desamedrontar, pois foi destruído aquele que tem o poder da morte — a saber: o diabo —; bem como foram libertos aqueles que estavam sujeitos à escravidão do medo da morte por toda a vida. Quem crer está livre, e pronto para começar a andar na paz”.

☛ QUERIDOS SEGUIDORES

☛QUERIDOS SEGUIDORES DO GOOGLE+

☛ Comentários Recentes

Minha lista de blogs