Postagens Aleatórias

O Caminho

"Fora do Caminho da Graça em Cristo, não há caminho a ser feito!"

Não aceitei Jesus publicamente.


Eu era bem novinha e fui congregar em um templo tradicional, isso significa que eles seguem a tradição de quem fundou aquela denominação. Quando você segue a tradição o problema é que não dá espaço em sua vida para o Espirito Santo agir, se mover em você. Depois de algum tempo o pastor veio falar comigo e me perguntou quer aceitar Jesus ? Eu respondi, sim! Ele disse: hoje vou lhe chamar no púlpito e você vai falar a todos que aceita Jesus. Olhei bem nos olhos dele , e falei eu não vou fazer isso e se o pastor me chamar , vai ouvir o barulho de um corpo caindo no chão, ele riu e disse para aceitar Jesus tem que ser publicamente ! Respondi então não dá , por favor não me chame. Sabe porque eu agi dessa maneira? Porque eu me achava imunda no meio daquele povo santo, falavam tão delicadamente, com as mãos para o alto adoravam Jesus com lindas vozes, as orações eram lindas. Eu queria aceitar Jesus publicamente, mas, ao mesmo tempo, eu sentia que não pertencia aquele povo, eles nem gírias falavam , e para eu ficar ali eu teria que assumir uma outra personalidade, eu não seria eu mesma , e logo entendi que era isso mesmo que o pastor queria , que eu fica-se igual a eles, imitadores deles e não imitadora de Cristo . Depois ele me avisou que em determinado domingo ele ia me chamar pelo nome na frente de todos para eu orar em voz alta. Eu respondi não faça isso se o pastor fizer vai escutar o barulho de um corpo caindo no chão e vai ser o meu corpo, eu vou desmaiar, Eu era tímida, mas naquele caso eu estava Intimidada pela santidade deles. Eu gostava de estar com eles, mas eramos diferentes . Depois de muita insistência ele decidiu me batizar e deu uma desculpa a liderança do templo. Mas ele me achava esquisita e eu também me achava esquisita.

Meu Batismo.

E lá estava eu em uma denominação tradicional que não davam vasão ao Espírito Santo, vestida de branco pronta para entrar no batistério, mas um pouco pensativa se Jesus me aceitaria, já que eu não o havia aceitado publicamente. Em fim e o pastor me chamou eu entrei no batistério e quando desci as águas e voltei, foi tremendo eu chorava muito, de soluçar e o pastor tradicional não entendeu, disse para eu me acalmar, mas estava acima de mim o que eu estava sentindo era algo muito forte. E continuei chorando , e eu não parava de chorar e me retiraram do batistério e ele me perguntou se eu estava bem , respondi que sim , mas não sabia o que era e nem ele sabia pois ele nunca havia sentido o que eu estava sentindo, o que estava acontecendo comigo naquele momento era maravilhoso. Algum tempo depois eu li um livro que falava do Batismo com o Espirito Santo, e chorei de alegria de gratidão, e entendi o que a acontecera no dia do meu batismo. Jesus Cristo havia me batizado com o Espirito Santo , em um batistério tradicional(Marcos 1.8), logo eu, que não me achava digna de pertencer ao povo de Deus. Esse é Jesus Cristo, ele não quer que você seja igual aos outros Ele quer que você seja igual a Ele. Amo Jesus Cristo Ele não faz accepção de raças, de classe social. Ele morreu na cruz por todos os povos, Ele morreu na cruz por você e se você ainda não o aceitou , pode aceitá-lo agora a onde você está mesmo em silêncio Ele te ouvirá.

Paz.